Operação Ano Novo registra 21 acidentes em MT com 45 feridos e um morto

Operação Ano Novo registra 21 acidentes em MT com 45 feridos e um morto

Na Operação Ano Novo, entre os dias 29 de dezembro e 1º de janeiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 21 acidentes nas rodovias que corta

Homem é denunciado por estupro e gravidez de jovem portadora de necessidades especiais
Acusado de homicídio em Cuiabá é preso na casa de prima em Araputanga
PP declara apoio à pré-candidatura de Stellamaris para prefeita de Araputanga

Na Operação Ano Novo, entre os dias 29 de dezembro e 1º de janeiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 21 acidentes nas rodovias que cortam Mato Grosso.

Nos quatro dias de operação, se comparado ao mesmo período do ano passado, os agentes flagraram um maior número de condutores cometendo infrações, porém registrou-se uma queda no número de acidentes e redução de 50% no número de mortes.

Os 21 acidentes resultaram em 45 feridos e uma morte.

O acidente que vitimou um menino de 10 anos, ocorreu na manhã dessa segunda-feira (31), no km 585 da BR-364, em Diamantino, 229 km de Cuiabá. Chovia no momento em que o veículo, com placas de São Paulo, saiu de pista e bateu em um barranco. No automóvel viajavam outras quatro pessoas, entre elas uma criança de cinco anos que usava a cadeirinha e não se feriu. O garoto de 10 anos que seguia no banco traseiro do veículo, usava cinto de segurança, mas morreu no local.

As placas educativas e exposição de veículos acidentados instalados pela PRF em vários pontos das rodovias orientando e alertando sobre os perigos das condutas impudentes no trânsito sensibilizaram muitos condutores, porém houve um aumento no número de infrações.

Mais uma vez o excesso de velocidade e as ultrapassagens indevidas lideraram o ranking das condutas perigosas observadas pelos agentes. Os radares portáteis registraram imagens de 1.907 veículos circulando acima da velocidade permitida. Já outros 198 motoristas serão autuados por ultrapassarem em locais proibidos.

Os policiais flagraram 34 motoristas e 118 passageiros que seguiam viagem sem o uso do cinto de segurança. A fiscalização quanto ao uso dos dispositivos de segurança necessários no transporte das crianças foi intensificada e 49 condutores foram autuados por estarem transportando crianças sem a cadeirinha. Para coibir a alcoolemia ao volante, 2.325 testes do etilômetro (bafômetro) foram realizados e resultaram em 25 autuações, das quais cinco motoristas tiveram que ser encaminhados para a Polícia Civil por apresentarem concentração de álcool superior a 0,34 mg/l, o que é considerado crime pelo CTB.

COMMENTS