Home / Destaque / Padrasto é preso suspeito de estupro de enteada de 6 anos em Quatro Marcos

Padrasto é preso suspeito de estupro de enteada de 6 anos em Quatro Marcos

Na noite desta sexta-feira (25), por volta das 22h00, policiais militares de São José dos Quatro Marcos, conduziram um homem para a Delegacia, por suspeita de ter estuprado sua enteada de apenas 6 anos.

O caso foi denunciado quando uma moça chegou a sua casa, onde flagrou seu tio com a criança na cama.  Segundo a denunciante informou aos policiais, o casal mora na zona rural, e estava hospedado em sua casa.

Conforme consta no Boletim de Ocorrência, a denunciante teria saído por alguns momentos e quando retornou teria flagrado, em um dos quartos o suspeito segurando a criança pelo braço e com a outra mão no pescoço, esbravejando,  dizendo: “você tá entendendo que eu tô falando pra você? você não tá entendendo”.

A denunciante ainda relatou aos policiais que pôde observar o suspeito com o pênis ereto indo em  direção ao rosto da criança, e neste momento a mesma gritou que chamaria a polícia. Conforme B.O. Segundo a denunciante o suspeito ao ver que havia sido visto, partiu para cima da mesma, proferindo diversas ameaças.

Ainda, conforme consta no relato do fato, narrado no Boletim de Ocorrência, a mãe da criança estava no banheiro, e saiu pegando a menina pelo braço, dizendo para ela  não falar nada, que poderia atrapalhar seu casamento.

Quando os policiais chegaram ao local, o casal já havia saído da casa com a criança, e foram localizados na casa de familiares do mesmo bairro. O casal juntamente com a criança foram conduzidos para o Centro de Operações  da 3ª Cia PM, onde também foi solicitada a presença do Conselho Tutelar, para acompanhar o caso.

Segundo ainda informações dos policiais, a criança apresentava pequena vermelhidão no pescoço, abaixo do queijo, e hematoma no braço esquerdo e ainda uma marca na perna esquerda, próximo ao joelho, e se encontrava aparentemente assustada com o corrido. 
No Boletim de Ocorrência foi relatado que a criança teria  revelado aos conselheiros que estava com medo,  pois seu tio estava com umas brincadeiras de beijar na boca.

Os nomes dos envolvidos foram preservados por se tratar de um fato muito grave, e até então se trata de uma denuncia que está sendo averiguada, sem a devida confirmação para o caso. 

Diante dos fatos, a criança fiou sob cuidados do Conselho Tutelar, para que a mãe fosse  prestar depoimento, sendo que o Suspeito foi conduzido, para a Delegacia de Polícia Civil, onde está sendo feito a apuração do caso.

 

Por Fronteira Alerta

Além disso, verifique

Duas pessoas são presas por tráfico de drogas na cidade de Jauru

Durante a Operação Bairro Seguro no município de Jauru, onde as guarnições dos municípios de ...